Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3053 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=1013

Criado em : 16 Nov 2004
Alterado em : 01 Nov 2018

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Fácil

Nota bibliográfica (sem autor) :

The scandal of poor epidemiological research. Editorial. The British Medical Journal 2004;329:868-869.

Autores :

von Elm, E., Egger, M.

Ano de publicação :

2004

URL(s) :

http://bmj.bmjjournals.com/cgi/content/full/329/74…
https://doi.org/10.1136/bmj.329.7471.868

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

Something surely must be wrong with epidemiology when the new editors of a leading journal in the field entitle their inaugural offering, “Epidemiology—is it time to call it a day?“1 Observational epidemiology has not had a good press in recent years. Conflicting results from epidemiological studies of the risks of daily life, such as coffee, hair dye, or hormones, are frequently and eagerly reported in the popular press, providing a constant source of anxiety for the public. In many cases deeply held beliefs, given credibility by numerous observational studies over long periods of time, are challenged only when contradicted by randomised trials. In the most recent example, a Cochrane review of randomised trials shows that antioxidant vitamins do not prevent gastrointestinal cancer and may even increase all cause mortality.

Now Pocock et al describe the quality and the litany of problems of 73 epidemiological studies published in January 2001 in general medical and specialist journals (p 883).
(Ctd in full text)

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Les résultats des recherches épidémiologiques sont souvent faussés par une mauvaise méthodologie, aboutissant à trouver de fausses corrélations. Un guide mode d’emploi est proposé.

Argument (English):

The results of epidemiological research are often biased by poor methodology, leading to false correlations. A user guide is available.

Argumento (português):

Os resultados da pesquisa epidemiológica são frequentemente influenciados por uma metodologia pobre, levando a falsas correlações. Um guia do usuário está disponível.

Palavras-chaves :

➡ ética ; medicina baseada em evidências ; deontologia ; consentimento informado

Autor da esta ficha :

Cécile Loup — 16 Nov 2004
➡ última atualização : Bernard Bel — 01 Nov 2018

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto