Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3048 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=1128

Criado em : 01 Apr 2005
Alterado em : 02 Dec 2007

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Difícil

Nota bibliográfica (sem autor) :

Blood pressure and fetal heart rate changes with patient-controlled combined spinal epidural analgesia while ambulating in labour. Br J Obstet Gynaecol. 1997 May;104(5):554-8.

Autores :

al-Mufti R, Morey R, Shennan A, Morgan B.

Ano de publicação :

1997

URL(s) :

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/entrez/query.fcgi?cmd=…

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

OBJECTIVE: To determine the effect of patient-controlled combined spinal epidural analgesia (PCEA) on maternal pulse and blood pressure, and fetal heart rate in primigravid women, when adapting different positions in labour.

DESIGN: A prospective study.

SETTING: Queen Charlotte’s and Chelsea hospital, London.

PARTICIPANTS: Fifty-five primigravid women in labour at > or = 37 weeks of gestation; 40 women had supervised standing top-ups given by an anaesthetist. A further 15 women had PCEA top-ups given in each of standing, sitting and lying positions.

MAIN OUTCOME MEASURES: Maternal pulse rate, blood pressure and fetal heart rate changes following epidural top-ups.

RESULTS: In the first 40 women there was no clinically significant fall in their blood pressure (< 5 mmHg). The subsequent 15 women who had PCEA top-ups had no fall in blood pressure in the standing and sitting positions, though the average blood pressure fell significantly when a top-up was given in the lying position. Maternal heart rate increased significantly at 12 min post top-up when the women were in the standing position (P = 0.0018). In the 15 women who had PCEA top-ups, the CTG showed improvement in decelerations when women were in the standing position but deterioration when in the lying position (P < 0.01).

CONCLUSION: Patient-controlled epidural analgesia top-ups with maternal mobility may be beneficial to the fetus possibly by reducing the hypotension normally associated with top-ups in the lying position.

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Argument (English):

Argumento (português):

Palavras-chaves :

➡ medicina baseada em evidências ; posição durante o trabalho de parto ; fisiologia ; stresse fetal ; epidural

Autor da esta ficha :

Cécile Loup — 01 Apr 2005

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto