Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3046 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=1250

Criado em : 17 May 2005
Alterado em : 02 Dec 2007

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Difícil

Nota bibliográfica (sem autor) :

Posttraumatic stress disorder following preeclampsia and HELLP syndrome. Journal of Psychosomatic Obstetrics & Gynecology 2004;25(3-4):183-187.

Autores :

van Pampus MG, Wolf H, Weijmar Schultz WCM, Neeleman J, Aarnoudse JG.

Ano de publicação :

2004

URL(s) :

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/entrez/query.fcgi?cmd=…

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

Posttraumatic stress disorder (PTSD) in connection with pregnancy was first described in the 1990s - initially in relation to childbirth but later more specifically to the mode of delivery. Instrumental vaginal delivery carries the highest risk of PTSD followed by emergency caesarean section and normal spontaneous delivery. Loss of pregnancy, spontaneous abortion or intrauterine death for example can also lead to PTSD. Little systematic research has been performed regarding the psychological consequences of severe preeclampsia or HELLP syndrome, although it would seem obvious that these conditions may have a great effect. The combination of suffering a serious illness combined with an unexpected caesarean section or delivery, often of a premature child, is a heavy burden to bear both physically and psychologically. We describe here three patients who developed PTSD after pregnancies complicated by severe preeclampsia or HELLP syndrome. PTSD can develop after preeclampsia or HELLP syndrome.

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Les accouchements instrumentaux, suivis par les césariennes en urgence ou la mort intra-utérine, sont reconnus comme pouvant conduire la mère a un état de stress-postraumatique. Ici les auteurs montrent que c’est aussi le cas avec des pré-éclampsies sévères.

Argument (English):

Argumento (português):

Palavras-chaves :

➡ cesariana ; prematuros ; psicologia ; traumatismos ; estresse pós-traumático ; pre-eclampsia ; baixo peso à nascença

Autor da esta ficha :

Cécile Loup — 17 May 2005
➡ última atualização : Alison Passieux — 02 Dec 2007

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto