Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3047 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=1346

Criado em : 04 Nov 2005
Alterado em : 06 Jun 2019

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Fácil

Nota bibliográfica (sem autor) :

A randomized trial of the effects of coached vs uncoached maternal pushing during the second stage of labor on postpartum pelvic floor structure and function. Am J Obstet Gynecol. 2005 May;192(5):1692-6.

Autores :

Schaffer JI, Bloom SL, Casey BM, McIntire DD, Nihira MA, Leveno KJ.

Ano de publicação :

2005

URL(s) :

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/…
https://doi.org/10.1016/j.ajog.2004.11.043

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

(Division of Urogynecology and Reconstructive Pelvic Surgery, Department of Obstetrics and Gynecology, University of Texas Southwestern Medical Center, Dallas, USA.)

OBJECTIVE: The purpose of this study was to determine if refraining from coached pushing during the second stage of labor affects postpartum urogynecologic measures of pelvic floor structure and function.

STUDY DESIGN: Nulliparous women
at term were randomized to coached (n = 67) vs uncoached (n = 61) pushing. At 3 months’ postpartum women underwent urodynamic testing, pelvic organ prolapse examination (POPQ), and pelvic floor neuromuscular assessment.

RESULTS:
Urodynamic testing revealed decreased bladder capacity (427 mL vs 482 mL, P =.051) and decreased first urge to void (160 mL vs 202 mL, P =.025) in the coached group. Detrusor overactivity increased 2-fold in the coached group (16% vs 8%), although this difference was not statistically significant (P =.17).
Urodynamic stress incontinence was diagnosed in the coached group in 11/67 (16%) vs 7/61 (12%) in the uncoached group (P =.42).

CONCLUSION: Coached pushing in the second stage of labor significantly affected urodynamic indices, and was associated with a trend towards increased detrusor overactivity.

Sumário (português)  :

Texto completo (private) :

 ➡ Acesso requer autorização

Comentários :

Argument (français) :

Les poussées en deuxième phase du travail ont eu un impact significatif sur les indices urodynamiques

Argument (English):

Coached pushing in the second stage of labor significantly affected urodynamic indices

Argumento (português):

Empurrando na segunda fase do trabalho afetou significativamente os índices urodinâmicos

Palavras-chaves :

➡ duração do trabalho de parto ; fisiologia ; gestão activa do trabalho ; incontinência/prolapso

Autor da esta ficha :

Bernard Bel — 04 Nov 2005
➡ última atualização : Bernard Bel — 06 Jun 2019

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto