Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3046 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=226

Criado em : 15 Dec 2003
Alterado em : 02 Dec 2007

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Difícil

Nota bibliográfica (sem autor) :

Effects of obstetric analgesics and anesthetics on the neonate : a review. Paediatr Drugs. 2003;5(9):615-27.

Autores :

Mattingly JE, D’Alessio J, Ramanathan J.

Ano de publicação :

2003

URL(s) :

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/entrez/query.fcgi?cmd=…

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

Most anesthetic and analgesic agents in current use traverse the placental barrier in varying degrees, but are well tolerated by the fetus if judiciously administered. For labor analgesia, many options are available. Systemic administration of opioids and sedatives is one such option. Repeated maternal administration of opioids such as pethidine (meperidine) results in significant fetal exposure and neonatal respiratory depression. Patient-controlled analgesia with synthetic opioids such as fentanyl, alfentanil, and the new ultra-short-acting remifentanil may be used for labor analgesia in selected patients.Other options for labor analgesia include epidural and combined spinal-epidural techniques. With such techniques, neonatal exposure to opioids and sedatives can be minimized or totally avoided. While limiting the fetal exposure to the harmful effects of depressant drugs, epidural anesthesia and/or analgesia improves placental perfusion and oxygenation of the fetus, which is beneficial, especially in conditions such as pregnancy-induced hypertension. Regional blocks are also administered for the majority of cesarean deliveries because of the overwhelming and unequivocal evidence of maternal and fetal safety compared with general anesthesia for this indication. However, in some instances, administration of general anesthesia is unavoidable. Neonatal respiratory depression with low Apgar scores, and umbilical arterial and venous pH associated with general anesthesia, is often transient. A properly administered anesthetic, whether regional or general, has no significant adverse fetal or neonatal effects.

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Argument (English):

Argumento (português):

Palavras-chaves :

➡ medicamentos contra a dor ; epidural ; idade materna ; dor

Autor da esta ficha :

Cécile Loup — 15 Dec 2003

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto