Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3059 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=2824

Criado em : 26 Nov 2017
Alterado em : 26 Nov 2017

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Difícil

Nota bibliográfica (sem autor) :

How to avoid iatrogenic morbidity and mortality while increasing availability of oxytocin and misoprostol for PPH prevention? - International Journal of Gynecology and Obstetrics - Vol. 103, 3 - p.276-282

Autores :

Lovold, A.; Stanton, C.; Armbruster, D.

Ano de publicação :

2008

URL(s) :

https://www.scopus.com/inward/record.uri?eid=2-s2.…
https://doi.org/10.1016/j.ijgo.2008.08.009

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

Objective: Increased availability of oxytocin and misoprostol is needed to reduce the risk of postpartum hemorrhage. This review compiles rates and risks of adverse maternal and perinatal outcomes associated with use of these medications for labor induction and augmentation in low-income countries. Recommendations are proposed based on the findings. Methods: We did a structured literature review using 5 databases followed by analysis of induction and augmentation rates from existing data. Results: Combined induction and augmentation rates were documented in up to 50% of hospital-based deliveries identified in the databases. Data are sparse but suggest associations between induction/augmentation and stillbirth, neonatal resuscitation, and uterine rupture, and inappropriate administration of oxytocin and misoprostol both outside and inside healthcare systems in low-income countries. Conclusions: Guidelines for labor induction/augmentation are needed specifically for low resourced settings. Rigorous studies should be pursued to quantify the magnitude and effect of inappropriate induction and augmentation on maternal and perinatal morbidity and mortality. Programs are needed to ensure community-wide awareness of the adverse effects of the improper use of these drugs on mothers and babies, especially in out-of-hospital settings. © 2008 International Federation of Gynecology and Obstetrics.

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Argument (English):

Argumento (português):

Palavras-chaves :

➡ indução ; misoprostol (Cytotec)

Autor da esta ficha :

Import 26/11/2017 — 26 Nov 2017

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto