Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3033 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=2986

Criado em : 18 Aug 2018
Alterado em : 19 Aug 2018

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Fácil

Nota bibliográfica (sem autor) :

TRAITÉ D’OBSTÉTRIQUE. Elsevier Masson

Autores :

Loïc Marpeau, Collège National des Gynécologues et Obstétriciens Français (CNGOF), Collège national des Sages-femmes, Association française des sages-femmes enseignantes françaises

Ano de publicação :

2010

URL(s) :

https://www.elsevier-masson.fr/traite-dobstetrique…

Résumé (français)  :

La prise en charge de la femme enceinte et de son accouchement a beaucoup évolué depuis quelques années. Les connaissances scientifiques, les organisations, la législation, les femmes elles-mêmes, ont changé. Le raisonnement obstétrical a gagné en objectivité ; il ne se bâtit plus seulement sur l’expérience d’un seul ou l’influence d’une école il s’appuie aussi sur des preuves et des recommandations. Il fallait qu’un ouvrage d’obstétrique rassemble tous les acquis récents. Pour cela ont été réunies les compétences de tous ceux qui se consacrent à la périnatalité en particulier sages-femmes et gynécologues-obstétriciens. Plusieurs chapitres, reflet de ces échanges, ont été écrits en binôme, d’autres par les uns ou les autres en fonction des sensibilités. Les interdites, les anesthésistes, les pédiatres, et de nombreux spécialistes ont été sollicités pour offrir aux lecteurs la culture médicale la plus adaptée possible.

Une large place a été faite à la physiologie à la normalité à la pratique quotidienne. Ainsi les plus jeunes internes et étudiants sages-femmes pourront apprendre en lisant ces pages à confronter les évidences théoriques aux réalités du terrain. La pratique de l’obstétrique a toujours été délicate. Ce livre issu d’un travail collaboratif est un outil qui doit permettre à tous de partager sereinement la même passion.

I Physiologie de la grossesse et accouchement. II Grossesse et accouchement normaux. III Les grossesses pathologiques. IV Les accouchements difficiles ou pathologiques. V Les interventions obstétricales. VI Suites de couche. VII La législation. VIII Organisation de la périnatalité en France

Abstract (English)  :

The care of the pregnant woman and her delivery has evolved a lot in recent years. Scientific knowledge, organizations, legislation, women themselves, have changed. Obstetric reasoning has gained objectivity; it is not only built on the experience of one or the influence of a school, it is also based on evidence and recommendations. An obstetric work had to bring together all the recent achievements. For this purpose, the skills of all those devoted to perinatal care, especially midwives and gynecologists-obstetricians, have been brought together. Several chapters, reflecting these exchanges, were written in pairs, others by one or the other according to sensitivities. Forbidden, anesthetists, pediatricians, and many specialists have been asked to offer readers the most appropriate medical culture possible.

A large place has been made to physiology to normality to daily practice. Thus the youngest interns and students midwives can learn by reading these pages to confront the theoretical evidence to the realities of the field. The practice of obstetrics has always been tricky. This book from a collaborative work is a tool that should allow everyone to share the same passion.

Sumário (português)  :

O cuidado da gestante e seu parto evoluíram muito nos últimos anos. Conhecimento científico, organizações, legislação, as próprias mulheres, mudaram. O raciocínio obstétrico ganhou objetividade; não se baseia apenas na experiência de um ou na influência de uma escola, também se baseia em evidências e recomendações. Um trabalho obstétrico teve que reunir todas as conquistas recentes. Para este propósito, as habilidades de todos aqueles dedicados à assistência perinatal, especialmente parteiras e ginecologistas-obstetras, foram reunidas. Vários capítulos, refletindo essas trocas, foram escritos em pares, outros por um ou outro de acordo com sensibilidades. Proibidos, anestesistas, pediatras e muitos especialistas foram solicitados a oferecer aos leitores a cultura médica mais apropriada possível.

Um grande lugar foi feito para a fisiologia da normalidade para a prática diária. Assim, as jovens estagiárias e as parteiras estudantes podem aprender lendo estas páginas para confrontar a evidência teórica com as realidades do campo. A prática da obstetrícia sempre foi complicada. Este livro de um trabalho colaborativo é uma ferramenta que deve permitir que todos compartilhem a mesma paixão.

Comentários :

Argument (français) :

Traité d’obstétrique. Une large place a été faite à la physiologie à la normalité à la pratique quotidienne.

Argument (English):

Treaty of obstetrics. A large place has been made to physiology to normality in daily practice.

Argumento (português):

Tratado de obstetrícia. Um grande lugar foi feito para a fisiologia da normalidade para a prática diária.

Palavras-chaves :

➡ formação das parteiras ; fisiologia ; placenta prévia/accreta ; posição durante o trabalho de parto ; prematuros ; protocolos ; saúde pública ; saúde materna ; saúde do bebê ; amniotomia ; episiotomia ; exames durante o trabalho ; expressão abdominal ; extracção instrumental ; gestão activa do trabalho ; medicamentos contra a dor ; ocitocina (Syntocinon) ; perfusão ; epidural ; ruptura das membranas ; toque vaginal ; 3ª etapa do parto ; distocia ; pre-eclampsia ; apresentação pelvica (sentado) ; do plexo braquial (lesão de parto) ; consentimento informado

Autor da esta ficha :

Alison Passieux — 18 Aug 2018
➡ última atualização : Bernard Bel — 19 Aug 2018

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto