Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3053 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=3165

Criado em : 02 Apr 2021
Alterado em : 02 Apr 2021

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Fácil

Nota bibliográfica (sem autor) :

Le trouble de stress post-traumatique lié à l’accouchement. Périnatalité, 12(4), 192-200.

Autores :

Deforges, C., Sandoz, V., & Horsch, A.

Ano de publicação :

2020

URL(s) :

https://rmp.revuesonline.com/articles/lvrmp/abs/20…
https://doi.org/10.3166/rmp-2020-0101

Résumé (français)  :

L’accouchement peut être une expérience difficile, et parfois même causer un trouble du stress post-traumatique lié à l’accouchement (TSPT-A), ce qui concerne tant les parents que les équipes soignantes. Cet article présente la symptomatologie et les spécificités cliniques du TSPT-A, ainsi que ses conséquences sur le couple, la parentalité, l’enfant et les futures grossesses. Il passe en revue les mesures préventives et les approches thérapeutiques indiquées pour lutter contre le TSPT-A, et se termine par des recommandations à l’attention des équipes cliniques.

Abstract (English)  :

Childbirth can be a difficult experience, and sometimes even causes childbirth-related posttraumatic stress disorder (C-PTSD). C-PTSD can affect both parents and clinical teams. This article presents the symptomatology and the clinical specificities of C-PTSD, as well as its consequences on the couple, parenthood, the child, and future pregnancies. It also reviews the preventative measures and therapeutic approaches to tackle C-PTSD, and ends with clinical recommendations.

Sumário (português)  :

O parto pode ser uma experiência difícil e, às vezes, pode até causar transtorno de estresse pós-traumático relacionado ao parto (TEPT-C). O C-PTSD pode afetar os pais e as equipes clínicas. Este artigo apresenta a sintomatologia e as especificidades clínicas do TEPT-C, bem como suas consequências no casal, na parentalidade, no filho e em futuras gestações. Ele também analisa as medidas preventivas e abordagens terapêuticas para combater o C-PTSD e termina com recomendações clínicas.

Texto completo (private) :

 ➡ Acesso requer autorização

Comentários :

Argument (français) :

Article de synthèse sur le stress post-traumatique consécutif à l’accouchement

Argument (English):

Review article on post-traumatic stress following childbirth

Argumento (português):

Artigo de revisão sobre estresse pós-traumático após o parto

Palavras-chaves :

➡ psicologia ; saúde pública ; suporte social ; intervenções durante o parto ; saúde materna ; estresse pós-traumático

Autor da esta ficha :

Alison Passieux — 02 Apr 2021

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto