Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3047 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=674

Criado em : 19 Apr 2004
Alterado em : 01 Dec 2007

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Difícil

Nota bibliográfica (sem autor) :

Absent or reverse end-diastolic flow in the umbilical artery: intellectual development at school age. European Journal of Obstetrics & Gynecology and Reproductive Biology 2004;114(1):23-28.

Autores :

Valcamonico A, Accorsi P, Battaglia S, Soregaroli M, Beretta D, Frusca T.

Ano de publicação :

2004

URL(s) :

http://www.sciencedirect.com/science/article/B6T69…

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

OBJECTIVE: This study was designed to establish whether, in growth-retarded fetuses, absent or reverse end-diastolic (ARED) flow velocity in the umbilical artery can be predictive of an increased incidence of long-term neurological and intellectual impairment.

STUDY DESIGN: A total of 14 children with intra-uterine growth retardation (IUGR) and ARED flow in the umbilical artery and 11 children without this velocimetric pattern were examined by pediatric neuropsychiatrists at a median age of 8.7 years to evaluate and compare their neurological and intellectual development.

RESULTS: The incidence of major neurological sequelae was higher in the children with ARED velocity in the umbilical artery (21%) than in those without this velocimetric pattern (9%), as was the incidence of mild neurological sequelae (35% versus 27%). No differences in mean intelligence quotient (IQ) as evaluated by mean of Intelligence Scale for Children-Revised (WISC-R) scale were found between the two groups of children at school age.

CONCLUSIONS: Our data demonstrate that Doppler velocimetry in the umbilical artery is a reliable predictor for neurological sequelae when ARED flow is present but cannot be considered a good predictor of intellectual performance at school.

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Argument (English):

Argumento (português):

Palavras-chaves :

➡ desenvolvimento do feto ; ecografia ; baixo peso à nascença

Autor da esta ficha :

Cécile Loup — 19 Apr 2004

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto