Escolha sua fonte:
 Arimo
 Merriweather
 Mukta Malar
 Open Sans Condensed
 Rokkitt
 Source Sans Pro
 Login


 Português 
 Français 
 English 

[Valid RSS] RSS
bar

Banco de dados - Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR)

Descrição deste banco de dados documental (Site da AFAR)
Atualmente 3053 fichas
Canal do YouTube (tutorial)

https://afar.info/id=815

Criado em : 29 Jun 2004
Alterado em : 02 Dec 2007

 Modificar esta ficha
Siga este link somente se você tiver um palavra chave de editor!


Compartilhar: Facebook logo   Tweeter logo   Difícil

Nota bibliográfica (sem autor) :

The Histologic Fetoplacental Inflammatory Response in Fatal Perinatal Group B-Streptococcus Infection. Journal of Perinatology 2004;24:441-445.

Autores :

De Paepe ME, Friedman RM, Gundogan F, Pinar H, Oyer CE.

Ano de publicação :

2004

URL(s) :

http://www.nature.com/cgi-taf/DynaPage.taf?file=/j…
http://abs/7211129a.html&dynoption

Résumé (français)  :

Abstract (English)  :

OBJECTIVE: To determine the rate of histologic fetoplacental inflammation in fetuses and newborns with fatal perinatal Group B-Streptococcus (GBS) infection.

STUDY DESIGN: Autopsy files (1990 to 2002) were searched for fetuses and newborns with GBS-positive post-mortem blood and/or lung cultures. The rate of histological fetoplacental inflammation in preterm (<36 weeks gestational age) and term (36 weeks) fetuses/infants was compared using 2 test.

RESULTS:GBS infection was diagnosed in 4.9% (61/1236) of perinatal autopsies and was considered the exclusive cause of death in 58 cases (16 to 41 weeks gestation, median: 26 weeks). A total of 43 fetuses/infants (74%) were preterm, 24 (41%) were male and 33 (57%) stillborn. The histologic fetoplacental inflammatory response was age-dependent for the following variables: acute chorioamnionitis (seen in 67% of preterm vs 33% of term fetuses/infants, p < 0.05), multiple-vessel umbilical vasculitis (37 vs 7%, p < 0.05), funisitis (37 vs 13%, p < 0.05), and the presence of neutrophils in the gastrointestinal tract (35% vs none, p < 0.05). Neutrophils in the pulmonary airspaces (47 vs 33%) and pneumonia (16 vs 27%) were found with similar frequency in both groups.

CONCLUSION: Histologic fetoplacental inflammation is a poor indicator of perinatal GBS infection; the sensitivity is 67% in preterm and 33% in term fetuses/newborns (overall sensitivity 59%). The higher rate of histologic inflammation in preterm fetuses/newborns suggests age-specific interactions between microorganism, host and placenta.

Sumário (português)  :

Comentários :

Argument (français) :

Argument (English):

Argumento (português):

Palavras-chaves :

➡ infecções ; medicina baseada em evidências ; mortalidade perinatal

Autor da esta ficha :

Cécile Loup — 29 Jun 2004

Discussão (exibir apenas português)
 
➡ Reservado para usuários identificados



 Li a carta de discussões e aceito as condições (leia as diretrizes)

barre

Efectuar uma nova consulta especialista --- Outro pedido simples

Criação de uma ficha --- Importar registros

Gerenciamento de usuários --- Fazer backup do banco de dados --- Contato

bar

Esta base de dados é gerida pela Alliance francophone pour l'accouchement respecté (AFAR, https://afar.info)
filiados Collectif interassociatif autour de la naissance (CIANE, https://ciane.net).
Ele é alimentado pelas contribuições de voluntários interessados ​​em compartilhar informações científicas.
Se você aprovar este projeto, você pode nos ajudar de várias maneiras:
(1) tornar-se um colaborador com base nisso, se você tem um pouco experiência na literatura científica
(2) ou apoio financeiro AFAR (veja abaixo)
(3) ou tornar-se um membro da AFAR (ou outra associação afiliada à CIANE).
Faça login ou crie uma conta para seguir as alterações ou se tornar um editor.
Contato afar.association(arobase)gmail.com para mais informações.

Valid CSS! Valid HTML!
Doar para a AFAR (clique em “Faire un don”) nos ajudará a manter e desenvolver sites e bancos de dados
públicos para o apoio das decisões informadas dos pais e cuidadores com relação ao parto